5 dicas matadoras para ser altamente criativo

A criatividade é um elemento cada vez mais valorizado no campo profissional, sendo essencial tanto para a resolução de problemas quanto para a inovação. Porém como ser mais criativo?

Muitas pessoas acreditam que a criatividade é uma característica nata, como se as pessoas já nascessem dotadas de criatividade, e aquelas que não tivessem essa característica estivessem condenadas a uma existência pouco criativa.

Nada poderia ser mais distante da realidade: na verdade, a criatividade é um hábito, que pode ser desenvolvido e cultivado. Aqui estão 5 dicas para ser mais criativo, que você pode praticar e fazer aforar a sua criatividade.

 

1. Não tenha medo de errar

Você sabe por que a maioria de nós acaba tendo nossa criatividade atrofiada? Porque desde pequenos aprendemos algumas “regras” que limitam a criatividade, e nos tornam pessoas menos abertas a novidades e inovação.

A principal dessas “regras” é que errar é ruim. Errar é um sintoma claro de que você tentou algo, e em geral inovar e ser criativo envolve errar algumas vezes, ou fazer coisas que poderiam ser melhoradas depois.

Quando ficamos com medo de errar, limitamos a nossa criatividade, e muitas vezes acabamos deixando de fazer as coisas por medo delas não saírem perfeito na primeira tentativa. Por tanto: faça rascunhos, experimente e não se intimide pela possibilidade de erro.

 

2. Encontre suas fontes de inspiração

A criatividade não surge por si só. Na realidade, a maioria de nossa criatividade surge a partir da capacidade de combinar referências e ideias. E para ter um repertório rico em referências, é importante cercar-se de variedade.

Assim, não adianta trancar-se no escritório e fazer sempre as mesmas atividades. Faça coisas diferentes, e procure aquelas que te inspiram. Seja uma caminhada no parque, um bom livro ou uma visita a um museu, são várias as atividades que podem te inspirar.

O mesmo vale para pesquisa de outras pessoas criativas que você admira. Ler sobre iniciativas criativas em seu campo ou em outros campos pode ajudá-lo a tornar-se uma pessoa mais criativa.

 

criativo

 

3. Separe um tempo para criatividade e brainstorm

No cotidiano, podemos ficar atordoados com a quantidade de tarefas, e a correria mata a nossa criatividade. Isso porque atividade criativas requerem um tempo para o cérebro explorar novas ideias, e “desligar-se” das tarefas do dia-a-dia.

Assim, uma tarefa interessante é aprender a separar alguns minutos por dia apenas para pensar em ideias novas, mesmo que não seja com nenhuma finalidade específica. E anote tudo — o que nos leva à próxima dica.

 

4. Tenha um caderno de ideias

Tenha um espaço — seja físico ou virtual — onde você possa anotar ideias novas que surjam na sua cabeça. Essas ideias não precisam necessariamente ser boas, nem algo que tenha aplicação prática ou que você queira fazer. É apenas um registro geral de ideias.

 

criativo

 

Mais para frente, essas ideias podem evoluir e transformar-se em ferramentas ou outras ideias, alimentando seu fluxo criativo. Além disso, o próprio ato de registrar fisicamente a ideia ajuda a transformá-la, e dá ao seu cérebro novos ângulos.

O seu registro não precisa ser organizado, nem “bonito”. Você pode usar uma pequena caderneta ou bloco de anotações, ou então anotar no seu celular ou computador usando uma ferramenta como o Evernote.

De tempos em tempos, você pode visitar suas ideias antigas e ver se consegue pensar em mais algum aspecto delas. O tempo e as novas experiências ajudam a evoluir nossos pensamentos.

 

5. Não use apenas palavras para registros

Finalmente, aqui está uma técnica relacionada ao hábito de registrar ideias, mas você pode aplicá-la aos mais diversos campos de sua vida para dar uma força à criatividade: evite usar apenas a palavra escrita para fazer registros.

Assim, da próxima vez que você fizer anotações de uma reunião, ou então um resumo de uma palestra, experimente usar outras formas de linguagem como um diagrama, um “mapa mental”, ou mesmo um desenho. Essas linguagens despertam diferentes áreas do seu cérebro e te ajudam a ver os mesmos assuntos de novos ângulos.

 

E você, conhece alguma boa técnica para despertar a criatividade? Comente abaixo e compartilhe.

Conteúdo exclusivo
Cadastre seu email e receba novidades exclusivas do Curseduca!

Sobre o autor

  • Camila

    Sempre com postagens interessantes! Parabéns pela dedacação de vocês =)

  • Guest

    Muito bom o seu artigo Juliana!

  • Vinícius Duarte

    Muito bom seu artigo Juliana!