Certificações de proficiência em Inglês: descubra a certa para você

Muitas pessoas têm o sonho de realizar um intercâmbio para conhecer novas culturas, além de obter muito conhecimento e agregar um valor imenso ao currículo. Porém, no caso de Graduações e Pós-graduações, existe um obstáculo chamado: Certificação de proficiência em inglês.

Mesmo com a língua afiada, e o inglês fluente, algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre estas certificações. Nós do Curseduca tentaremos tirá-las, citando as principais informações sobre cada uma delas.

1. IELTS

A sigla significa “International English Language Test System“, e o IELTS é considerado um dos mais importantes testes para certificação de proficiência de língua, sendo realizado em 121 países. Ele tem duas modalidades: A Academic Version e a General Training Version. A primeira é destinada a pessoas que pretendem cursar graduações e pós-graduações no exterior, já a segunda é baseada em um treinamento menos aprofundado, e ambas são divididas em várias subseções, desde escrita, até fala e interpretação. O esquema de pontuação neste teste é de zero pontos até nove.

2. TOEFL

O TOEFL, ou “Test of English as a Foreign Language”, é recomendado se você está à procura de um teste mais barato, mas que seja ao mesmo tempo de boa qualidade. Ele custa aproximadamente R$ 210,00 e é dividido em quatro provas (compreensão auditiva, compreensão de texto, exame oral e exame escrito), com duração aproximada de quatro horas. A frequência de aplicação das provas é de até três vezes no mês, e é importante que se inscreva com antecedência (de preferência um mês antes do teste).

3. GRE

O “Graduate Record Examinations” normalmente é utilizado pelos programas de bolsa, para avaliação e escolha de seus beneficiados, e também por universidades no mundo todo. São 700 centros de teste em aproximadamente 160 países. São três etapas de avaliação: A etapa de redação analítica (25 questões), onde o avaliado deve desenvolver textos com ideias complexas e a capacidade de executar uma tarefa de forma direta; A de raciocínio verbal (38 perguntas) envolve a capacidade de ler, avaliar, interpretar e sintetizar o conteúdo de um texto; e a última, que é a de raciocínio quantitativo, que envolve exercícios matemáticos (30 questões) e a avaliação de aptidões básicas na área (25 a 30 questões) que não vale pontos.

4. GMAT

O mundialmente conhecido “Graduate Management Admission Test” é muito utilizado como critério para aprovação de inscritos em programas MBA (curso realizado para formação de profissionais envolvidos na área administrativa). O avaliado deve realizar uma prova que envolvem análises de tabelas, escrita analítica, raciocínio integrado, entre outras, em apenas três horas e meia. O teste é realizado durante o ano todo, o candidato deve apenas se informar sobre as datas, e se por um acaso não conseguir ser aprovado em primeira instância, é possível realizar a mesma avaliação até cinco vezes em um ano. Esta avaliação de proficiência em inglês não é tão barata quanto o TOEFL, e custa aproximadamente USD 250,00.

Seção

Questões

Tempo

Escrita analítica (Analytical Writing) 2 ensaios 30 minutos cada
Quantitativa (Quantitative) 37 75 minutos
Verbal (Verbal) 41 75 minutos

5. TOEIC

Mais comumente utilizado por empresas multinacionais para a admissão de funcionários estrangeiros, o “Test of English for International Communication” também pode ser feito se procura fazer um intercâmbio com fins estudantis. Este teste de proficiência é dividido em duas partes básicas: Compreensão auditiva e visual (escrita e leitura). A prova tem, no total, 200 questões, divididas em 100 para cada tipo de compreensão.

6. ITEP

O “International Test of English Proficiency” foi desenvolvido em 2002 nos Estados Unidos e segue até hoje, testando a proficiência da língua inglesa de estudantes dos quatro cantos do mundo. Este teste tem cinco pilares de avaliação: Gramática, leitura, audição, escrita e fala. Ele é realizado tanto na versão impressa quanto na digital, com uma duração de apenas 90 minutos.

7. CAE

É um teste de proficiência em inglês muito conhecido e renomado. O “Cambridge English: Advanced” é aceito por mais de 3000 instituições, incluindo universidades e empresas em todo o mundo. A avaliação visa desenvolver as habilidades lingúisticas do participante, e é realizada 33 vezes ao ano, em 1300 centros e 133 países.

8. FCE

Tanto o CAE, quanto o FCE, ou “First Certificate in English”, têm apoio da universidade de Cambridge, e são utilizados por estudantes para a avaliação de proficiência de inglês. O FCE também é aceito no mundo todo, e conta com aproximadamente 2700 centros autorizados. Este teste tem como funcionalidade a facilitação da comunicação, o teste e desenvolvimento das habilidades lingüísticas, tanto na leitura, quanto escrita e interpretação, dos avaliados.

Conteúdo exclusivo
Cadastre seu email e receba novidades exclusivas do Curseduca!

Sobre o autor