Cursos online: ganhe dinheiro ensinando o que você sabe

Não é novidade que o modelo educacional está mudando (temos como prova a ascensão dos cursos online). Isso acontece no mundo todo. Todos os dias vemos cursos EAD sendo criado em universidades e alunos estudando sem que precisem, de fato, frequentar uma faculdade. No entanto, outra mudança vem ocorrendo: a massificação do acesso aos vídeos online vem democratizando a questão educacional, quebrando paradigmas no que diz respeito a quem ensina e quem aprende.

Já não é preciso ter um diploma para poder ensinar, nem estar matriculado em uma universidade ou qualquer instituição física que seja para aprender. Estamos na era de emancipação dos cursos online. Uma era na qual qualquer pessoa que tenha algo a ensinar, pode ensinar. E qualquer pessoa que queira aprender, pode aprender.

Neste artigo, você confere os principais aspectos que envolvem ensinar online, além de conferir um passo-a-passo que vai lhe ajudar a escolher um tópico para ensinar e gerar renda na internet.

Conteúdo exclusivo
Cadastre seu email e receba novidades exclusivas do Curseduca!

Por que ensinar online?

cursos onlineEnsinar online desponta como uma forma eficiente de gerar renda passiva, trabalhar por conta própria ou simplesmente complementar a renda que você já tem. É claro que a atividade requer algumas habilidades técnicas, mas o principal é que o conteúdo ensinado seja útil e tenha valor para outras pessoas.

No livro Teach Online: Make Money Doing What You Love (Ensinar Online: Ganhe Dinheiro Fazendo o Que Ama), o empreendedor digital Phil Ebiner é enfático em assinalar a importância de desenvolver o mindset ideal para seguir uma carreira de professor online: “Não faz sentido promover e criar cursos se você não tem o mindset correto. Você também deve ter uma base sólida na área de conteúdo que vai ensinar, compartilhar suas ideias e desenvolver o sistema de suporte certo”.

Para ele, ensinar é ajudar os outros a ganharem conhecimento, a melhorarem suas vidas. É preciso ter certeza de que você  quer encarar esse desafio.

“Ensinar online está sendo uma experiência muito gratificante. Desde o início as pessoas trazem um grande retorno, que é um incentivo sem igual. Além disso, a possibilidade de transmitir o conhecimento e ver essa iniciativa fazer a diferença na vida dos alunos não tem preço.

É muito claro a forma como o Curseduca tem tudo para crescer cada vez mais como plataforma de ensino”.

– César Eduardo Armelin – Professor do curso Microsoft Excel 2013 – Iniciante / Intermediário

Dinheiro e estilo de vida

Phil Ebiner é a mente por trás do site Video School Online e hoje consegue criar uma renda de mais ou menos 10 mil dólares por mês vendendo os cursos que ensina na internet. No entanto, em seu livro, ele explica que ensinar online não é um “esquema para ficar rico rápido”. Ele mesmo ganhou pouco mais de 60 dólares em seu primeiro mês de atividade numa plataforma de cursos online.

Isso não significa, no entanto, que é impossível extrair uma renda sólida ao ensinar online. É possível, inclusive, que esta seja a sua principal fonte de renda. Mas, o sucesso é uma consequência de empenho e boas estratégias de produção e promoção dos seus cursos.

Quanto ao estilo de vida, o lado bom de ensinar online é, sem dúvida, a flexibilidade. Você pode criar um curso online de qualquer lugar e trabalhar de forma autônoma. Em muitos casos, trata-se de transformar em um curso, que será útil para outras pessoas, um conhecimento que você já tem, algo que você já sabe.

Como se motivar para ensinar online

cursos online

Um elemento crucial para iniciar uma carreira com cursos online é transparência. É preciso ganhar a confiança das pessoas e, para isso você tem de ser real e transparente. Ensinar online não se trata de usar máscaras e se colocar em uma posição “intocável”. Quanto mais transparente você for em relação ao seu conhecimento e às suas vulnerabilidades, mais as pessoas se identificarão com a sua mensagem.

Antes de começar a criar um curso online é importante pensar no que motiva o seu curso a existir. Para clarificar isso, você pode responder a algumas perguntas:

  • “Porque eu quero ensinar online?” – Por mais interessante que seja, ensinar online exige um certo esforço e você precisa estar disposto a encarar os obstáculos;
    • “Qual é o meu objetivo?” – Para Ebiner, esta resposta deve ser semi-específica, ou seja, você deve determinar o que te motiva a dedicar o seu tempo a criar um curso online ao invés de descansar ou assistir um filme, por exemplo. No entanto, esse objetivo não precisa ser único ou minuciosamente detalhado. Alguns exemplos de objetivos são: criar uma segunda fonte de renda para que possa abandonar um emprego tradicional; criar um trabalho em tempo integral, caso não tenha um; ou ter uma renda extra para viajar nas férias.
    •  “Porque ensinar?” – Hoje em dia existem várias maneiras de gerar renda extra. E você poderia simplesmente direcionar os seus esforços a conseguir um emprego na área do curso que você quer ensinar. Porque, então, ensinar em vez de fazer?

Saber o que você espera alcançar financeiramente por meio de um curso online é importante para determinar o tamanho do seu esforço. Alguém que quer ter uma grana extra para gastar nos fins de semana, com certeza não vai se empenhar tanto quanto quem quer fazer do seu curso online – ou cursos – sua principal fonte de renda. E nem precisa.

É importante traçar metas realistas e alcançáveis. Comece com metas pequenas e vá aumentando o resultado desejado à medida que o seu negócio for se desenvolvendo.

“Sou um ardoroso fã do Ensino à Distância pois o aluno pode estudar no seu ritmo e procurar informações de acordo com sua necessidade. Por observação e experiência própria constatei que o aluno que estuda online se dedica muito mais do que um aluno de curso presencial. No curso presencial há diversos focos de distração enquanto que online a atenção é mais direcionada.Com as aulas gravadas para o Curseduca espero contribuir com a formação de profissionais oferecendo um conteúdo de qualidade e disponibilizado com profissionalismo pelo portal”.

– Alessandro Trovato, professor do curso Microsoft Excel 2013 – Avançado

Como começar seus cursos online

cursos online

Confira um modelo passo-a-passo apresentado por Phil Ebiner para iniciar uma carreira bem-sucedida ensinando online:

Torne seu objetivo parte do seu cotidiano

O primeiro passo é escrever o seu objetivo em um pedaço de papel. Não só o seu objetivo financeiro, mas o seu objetivo final, o impacto que você deseja causar. Satisfação profissional, ajudar pessoas, disseminar conhecimento, o que quer que seja. Deixe o seu objetivo visível, olhe para ele todos os dias e, quando ele fizer parte do seu mindset cotidiano, trabalhar para alcançá-lo será mais fácil.

Crie um orçamento

Para ensinar online, bem como em qualquer outro tipo de negócio, a meta é ter lucro e não apenas “sobreviver”. Por isso, tão importante quanto saber quanto você deseja gerar em renda, é saber quanto você ganha hoje, quanto você gasta para se manter  e quanto vai gastar para tirar o seu curso do papel.

Escolha o conteúdo certo para ensinar

Em qualquer lugar há pessoas ávidas para aprender as mais variadas coisas. Não há limites para os assuntos, tópicos e habilidades que podem ser trabalhadas em um curso online. No entanto, nem todas as suas ideias vão ser certamente lucrativas.

O segredo é encontrar o ponto de intersecção entre dois fatores principais: o que você sabe e gostaria de ensinar vs. o que as pessoas querem aprender. Afinal, se você vai investir tempo e energia para criar um curso, é bom garantir que as pessoas queiram pagar por ele.

Pense nestas questões para definir o tópico do seu curso:

  • O que você sabe? – faça uma lista do que você sabe e “quebre” cada assunto em tópicos menores;
  • Eu posso ensinar isso? – prove para você mesmo e para a sua audiência (posteriormente) que você é o melhor professor para aquele tópico. Mesmo que não tenha experiência profissional, se você dominar o assunto, outras pessoas vão querer aprender com você;
  • As pessoas vão querer aprender isso? – esta é a questão mais importante. E, no final, tudo se resume ao fato de existir uma audiência grande o suficiente para o seu curso. Você pode perguntar à sua família e amigos, fazer enquetes nas redes sociais, pesquisar vídeos “como fazer” no Youtube etc. Essas estratégias irão te mostrar se existe público para o curso que você quer criar;
  • As pessoas vão comprar? – também é importante saber se as pessoas estariam interessadas ao ponto de gastar dinheiro para aprender com você. Os cursos mais bem sucedidos são aqueles que fazem as pessoas ganharem tempo e/ou dinheiro. Faça uma lista das suas habilidades e assuntos preferidos (considere seus hobbies, trajetória educacional, formação acadêmica, experiência de vida etc.), pense em como eles podem ajudar as pessoas. Escolha três tópicos que você realmente gostaria de ensinar e se divertiria ensinando. Destes três, escolha o que você mais gosta.

CONCLUSÃO

Ensinar online não é algo que você vai dominar de um dia por outro. No entanto, é uma oportunidade de gerar renda fazendo algo que você já sabe fazer. Todo mundo tem um conjunto único de habilidades e a possibilidade de ganhar dinheiro ensinado outros a fazerem o que você já faz com maestria é uma maneira interessante de monetizar o seu conhecimento.

Para receber ajuda com as questões técnicas, conheça a plataforma de cursos do Curseduca.

Conteúdo exclusivo
Cadastre seu email e receba novidades exclusivas do Curseduca!

Sobre o autor