Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Infoprodutos - como criar e lucrar?

11/21/2021
Aprenda e empreenda no mundo digital

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O consumo de infoprodutos é crescente no mundo todo. Afinal, cada vez mais pessoas usam a internet. E para as mais variadas tarefas, de estudo ao trabalho, e para o lazer.

Para quem quer ter um negócio próprio esse fator tem um impacto direto. Já que não é preciso investir muito para obter o sucesso. Pois, você pode fazer tudo online. Inclusive, ter um negócio próprio rentável. E de baixo custo.

infoprodutos

Trata-se de uma nova economia, inovadora. Com um potencial enorme a ser explorado. Os infoprodutos estão entre as mercadorias buscadas nesse novo cenário. Pois, possuem uma boa margem de lucro. Também possuem uma logística de vendas mais simples. Não há estoque, nem envios de mercadorias.

Então, continue lendo. E confira como criar e lucrar com infoprodutos.

O que é um infoproduto?

Infoproduto é o nome dado aos produtos digitais. Portanto, são itens virtuais, feitos para comércio online e uso exclusivo nesse meio.

Para os usuários, significa um bom custo-benefício já que são mais baratos que produtos físicos. Mas, também são mais práticos. Destinados ao uso em aparelhos digitais como, smartphones e computadores. Ou seja, nada de entregas pelo correio. Nem de impressão ou espera para o item chegar.

Além disso, infoprodutos são fáceis de usar. Muitas vezes, são produtos educativos. Isso significa que agregam valor ao usuário. Portanto, são várias as razões que levam o público a adquirir produtos digitais.

Para criadores de conteúdo, é uma oportunidade de renda. Mais do que isso. Uma oportunidade de ter um negócio digital. Porém, como atuar na venda de infoprodutos?

O primeiro passo é escolher com qual produto digital você quer trabalhar.

Conheça os principais tipos de infoprodutos

Para criadores de conteúdo, essa é uma boa notícia. Existem diferentes tipos de infoprodutos. Portanto, há ainda mais oportunidades. Afinal, nem todos são bons escritores, para produzir livros digitais. Nem todo mundo quer aparecer numa vídeo aula e assim por diante.

infoprodutos

Pensando na sua jornada como criador de conteúdo, apresentamos a seguir os principais tipos de infoprodutos. Porém, lembre-se: nada impede que você trabalhe com mais de um, ou até mesmo com todos.

Confira.

Whitepapers

Um Whitepapers é um infoproduto em formato de texto. Porém, ele não tem a elaboração gráfica que um e-book possui. Portanto, aqui o foco está integralmente no conteúdo.

Confira outras características dos Whitepapers:

  • Costumam ter um caráter mais científico;
  • Apresentam informações de valor ao usuário;
  • Muitas vezes são relatórios;
  • Podem ser artigos científicos, pesquisas, manuais.

Um dos principais objetivos dos Whitepapers é apresentar detalhes e dados sobre tópicos específicos. Então, esse tipo de infoproduto pode ser muito vendável. Desde que o criador de conteúdo conheça bem a sua audiência e saiba como segmentar seu público.

E-books

O E-book é um infoproduto textual que também possui um trabalho gráfico bem elaborado. São verdadeiros livros digitais. Produtos conhecidos e com um bom apelo ao público.

Produzir um bom e-book exige mais trabalho que um Whitepapers. No entanto, o resultado costuma compensar, já que:

  • Você pode vender o mesmo e-book muitas vezes;
  • É possível usar seu material como isca digital;
  • Um e-book é uma forma simples de educar sua audiência.

Por todos esses motivos, estão entre os infoprodutos mais produzidos e vendidos.

Cursos online

Um curso online também é uma ótima escolha de infoproduto. Aqui, o criador de conteúdo tem várias opções:

  • Trabalhar com aulas gravadas;
  • Transmitir aulas ao vivo;
  • Disponibilizar materiais de apoio escritos, imagens, áudios e vídeos.

Depois que seu curso online estiver pronto, você também não precisa se preocupar com hospedagem. Pois, pode contar com uma plataforma EAD, como o Curseduca. E disponibilizar de forma ágil todo material para seus alunos.

Além de cursos online, o Curseduca também permite que você hospede outros produtos digitais, como seus e-books e crie uma verdadeira vitrine virtual para todos os seus infoprodutos em um só lugar. Quer saber mais? Dá uma lida aqui: Plataforma EAD: vale mesmo a pena?

Videocasts

Um videocast apresenta um programa gravado em vídeo. É um formato popular, graças ao crescimento de plataformas como o Youtube.

Os conteúdos de um videocasts são bem diversificados. Incluem curiosidades, notícias, atualidades, debates e muitos outros tópicos.

Para um criador de conteúdo isso significa muita liberdade para abordar qualquer assunto que domine.

Webinars

Um Webinar é um evento digital. Por exemplo: palestras e workshops transmitidos ao vivo. Com isso, o criador de conteúdo consegue atingir um público maior. Tudo sem gastar com nenhum tipo de infraestrutura física.

A principal vantagem dos Webinars está justamente nisso: não há limite de público, já que tudo é online.

Outro ponto a se destacar aqui, é que o evento pode ser gratuito. Um evento menor, para servir de vitrine e ampliar a influência do criador de conteúdo. Ou pode ser pago, como um Congresso transmitido de forma inteiramente digital.

Podcasts

Os Podcasts também são produtos digitais populares. E muito produzidos por diversos criadores de conteúdo. Sua principal caraterística é o formato em áudio.

Um Podcasts é um programa gravado em áudio, que se inspira nos programas de rádio. Já os conteúdos também são diversos, o que inclui:

  • Narrativas;
  • Debates;
  • Histórias.

Muitas vezes, um podcast pode ser transformado em um videocast. Ou vice e versa. Vale lembrar que o principal objetivo dos podcasts é levar conteúdo a pessoas com uma rotina corrida e também para o público que não gosta de leitura.

4 dicas para criar infoprodutos de sucesso

Bom, agora você já conhece os principais tipos de infoprodutos atuais. Mas, como criar um produto digital de qualidade?

A verdade é que não existe uma receita pronta. Porém. existem alguns passos básicos que todo criador de conteúdo deve seguir.

E isso vale para qualquer tipo de infoproduto que você escolha produzir.

1. Escolha um tópico que você domine para criar infoprodutos

Seja para entreter, ensinar ou educar a audiência, é preciso ter domínio de conteúdo. Ou seja, ter um bom conhecimento sobre o assunto abordado.

Então, primeiro escolha um tópico que você domine. Esse será seu nicho de atuação. Com o tempo, é possível expandir seus conteúdos ao trabalhar com nichos afins. Afinal, enquanto cria seus infoprodutos, você também aprender coisas novas.

É importante dizer ainda, que nem sempre é preciso um diploma ou certificado no nicho de atuação. Muitos infoprodutos tratam sobre conhecimentos práticos. Técnicas. Modos de fazer. E vendem tão bem quanto quaisquer outros conteúdos.

2. Capriche no conteúdo dos seus infoprodutos

Não basta dominar o tema, é preciso caprichar no conteúdo dos seus infoprodutos. Isso significa:

  • Identificar seu público-alvo;
  • Entender os gostos e as preferências do seu público;
  • Selecionar tópicos relevantes para o seu público, dentro do seu nicho de atuação;
  • Entender como seu público prefere a apresentação do seu conteúdo;
  • Usar uma linguagem adequada;
  • Pensar em estratégias que atraiam a sua audiência e gerem engajamento.

Todo criador de conteúdo deve entender que não é apenas a informação que conta. Mas, a experiência como um todo. Seu público não quer apenas o conteúdo. A forma como você entrega esse conteúdo é tão importante quanto o conteúdo em si.

Esse é um dos principais motivos pelos quais o público prefere um infoproduto a outro. Mesmo que seja o mesmo formato. E o mesmo tema.

3. Originalidade e marketing

Seu conteúdo deve ser sempre original. É importante entender que esse conceito está muito além da questão do plágio e da cópia. Pois, tem a ver com a identidade e personalidade da sua marca.

Produzir infoprodutos que expressem “a cara do seu negócio”. E garantir que eles estejam em sintonia com o perfil da sua audiência, é fundamental.

marketing digital

Aqui, eu quero fazer um pequeno, mas importante parênteses. No Curseduca você pode personalizar todo o conteúdo que hospedar. O que inclui colocar suas cores, logomarca e deixar tudo com a sua identidade visual. Acesse o site do Curseduca e confira.

Porém, não basta ser um conteúdo bom, original e atrativo. É preciso que o seu infoproduto chegue ao conhecimento da sua audiência. Portanto, você também precisa de um bom investimento em marketing.

Com investimento não falo apenas de dinheiro. Pois, anunciar online não requer um orçamento tão elevado. E sim, de planejamento e estratégia em marketing digital.

Lembre-se ainda que uma boa estratégia de marketing vai além da venda. Já que é preciso desenvolver um bom relacionamento com o público. Ter presença online. Construir a autoridade da sua marca. Além de buscar fidelizar o cliente. E cuidar do seu pós-venda.

4. Venda infoprodutos que as pessoas querem comprar

O segredo do sucesso das vendas em qualquer mercado é dar ao público o que ele quer. Seja por desejo de compra, ou por necessidade.

Então, antes de entrar no mundos produtos digitais, entenda como esse mercado funciona. Faça uma boa pesquisa, veja quais são os nichos mais rentáveis. E quais os infoprodutos mais populares. Depois, veja onde seu conhecimento e tipos de infoprodutos que você quer produzir se encaixam.

Talvez seja necessário fazer alguns ajustes nos seus objetivos. Ou até trabalhar com mais de um infoproduto para alcançar o sucesso. Por exemplo: que tal um e-book como isca digital para seu curso online? Ou um videocast como amostra do seu conteúdo? Vale a pena investir!

Dicas finais

O mercado de infoprodutos tem oportunidades para todos. Tudo depende de encontrar o seu lugar. Dialogar com sua audiência. E crescer em autoridade no seu ramo.

Então, tenha claro quais são os seus objetivos, e entregue valor para seu público. Na prática, isso significa que construir um negócio online tem suas vantagens e facilidades. Contudo, ainda assim é um negócio. Portanto, requer empenho, dedicação e estudo.

Espero que você tenha curtido as dicas de hoje. Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais? Comente!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.